DEPRESSÃO – CUIDADO COM ESTA ARMADILHA!

                                                                                           

                             almanaque-da-saude-depressao-47239                                    

              (Autoria de Eliana Barbosa*)

Um dos grandes males desse século, que tem arrasado muitas vidas e relacionamentos é a depressão. E ela geralmente se inicia de forma sorrateira, e vai invadindo o cotidiano das pessoas.

Muitas pessoas relatam sobre sua tristeza constante, falta de ânimo para viver a  rotina e até para conviver com seus parceiros, falta de “cor” na própria vida.

Outras, principalmente as mulheres, se dizem deprimidas porque seus filhos cresceram e “bateram asas”, e elas não se prepararam para essa fase, onde poderiam aproveitar para se dedicar à vida amorosa, viajar ou mesmo fazer novas amizades.

Se este é o seu caso, veja o que fazer para se livrar dessa “armadilha” chamada depressão:

 ** Primeiramente, procure o apoio de um profissional do comportamento humano para que você se conheça melhor,  possa desabafar suas dores e medos e aprender a traçar planos para sua mudança interior e cura.

** Se esse profissional detectar que você está com depressão mesmo – séria doença – e se ele não for médico, é hora de você consultar um psiquiatra, porque o tratamento adequado da depressão necessita de remédios alopáticos, além de acompanhamento psicológico.

** Faça também sua parte: situe-se no presente, no “aqui e agora”. Isso mesmo! A tristeza que se torna depressão é bem comum em pessoas que guardam ressentimentos e decepções do passado e são inseguras quanto ao futuro.

** Ao ficar preocupado demais com o futuro, ou cheia de mágoas, culpas e saudades do passado, você simplesmente perderá o equilíbrio de sua vida e, assim, se tornará vulnerável às doenças, inclusive à depressão.

** Guarde bem: sua vida é como se fosse um navio e sua mente é o capitão desse navio. Se sua mente (o capitão do navio) está em desarmonia ou desequilíbrio, sua vida (o navio) com certeza perderá o rumo.

Portanto, cuide de sua mente – pensamentos otimistas, gratidão, bom humor, novos amigos e aprendizados – e, assim, permita que a alegria seja a parte principal de todos os dias de sua vida!  Acredite: Você merece! 

(*Psicoterapeuta, coach de relacionamentos, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento, e apresentadora em TV e rádio)

“Antidepressivos tratam a dor depressão, mas não curam o sentimento de culpa e nem tratam a angústia da solidão.” (Augusto Cury)
Venha curar todo e qualquer sentimento negativo que, até hoje, tem intoxicado sua vida!!! —>> Curso CURA DOS SENTIMENTOS —>www.curadossentimentos.com.br/curso << — Informações e inscrições

ARTE PARA PANFLETO TURMA 5 UBERABA

 

 

BANNER PARA HOME

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*