Arquivo de etiquetas: vida a dois

OS ENCANTOS DA VIDA A DOIS

 

(Autoria de Eliana Barbosa*)

Muito se questiona sobre os segredos para casamentos duradouros, mas pouco se fala que não basta um relacionamento ser duradouro, ele precisa ser feliz também.

Vemos inúmeros casos de casamentos longos, onde os cônjuges estão infelizes, não se falam e nem se tocam mais, e, talvez por falta de coragem ou por acomodação, eles ficam estagnados nessa vida, em uma resignação que pode levá-los à depressão e gerar outras doenças, que sempre surgem a partir de sentimentos em desarmonia.

Por isso, hoje, quero falar com você sobre como fazer para descobrir e manter os encantos da vida a dois:

  • Em primeiro lugar, entenda que o ponto forte dos relacionamentos felizes e duradouros é a amizade. É lamentável, na atualidade, observar quantas uniões se realizam em nome da química sexual, deixando a amizade e o estilo de vida dos parceiros em outros planos de menor importância. É bom lembrar que a Neurociência mostra que a paixão, em nosso cérebro, dura no máximo dois anos, e, ao final desse tempo, ou a relação esfria e acaba, ou vai crescer o amor companheiro – o amor que se sustenta, apesar das naturais crises da vida a dois.
  • É com a amizade entre os parceiros que vai se aprimorando a cumplicidade, aquela conexão profunda entre eles, que, ao mesmo tempo, não lhes tira a autonomia e a independência.
  • Viver a dois é felicidade quando ambos vibram pelo sucesso do outro, sonham em conjunto, e nunca deixam o namoro acabar, através de agrados e mimos.
  • Uma forma de preservar o amor dos primeiros tempos é a apreciação mútua, os elogios, as demonstrações de que há valorização entre eles.
  • Pesquisas demonstram que a fidelidade na vida a dois tem tudo a ver com a conexão emocional dos parceiros, mais do que a qualidade da vida sexual. Isso quer dizer que as traições acontecem quando falta no relacionamento os “olhos nos olhos”, carinhos, mensagens ousadas e amorosas, reconhecimento do valor de cada um. Afinal, quem é que não gosta de ser elogiado, não é?
  • Quando o casal – apesar da chegada dos filhos e das atribulações da criação dos mesmos – mantem o clima de namoro e encantamento, ao longo dos anos, as chances de sofrer com o “ninho vazio” são muito menores, porque eles sabem que, nesse momento, terão mais tempo um para o outro, para viajarem juntos e curtirem os muitos anos que ainda lhes restam, de forma romântica e prazerosa.
  • Guarde bem: Só o amor nunca basta! Para um relacionamento durar e não perder seu encanto é fundamental o cultivo da amizade, do companheirismo, da compreensão, do respeito e da lealdade, todos eles embalados pelo amor!

 

(*Eliana Barbosa é psicoterapeuta, life coach, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento. Contato: eliana@elianabarbosa.com.br ou +55 (34) 9 9972-4053)

Para complementar este tema, acompanhe, abaixo, uma matéria e uma entrevista sobre casamentos duradouros e felizes, na TV INTEGRAÇÃO – Afiliada Globo, em Uberaba – MG, que foi ao ar no dia 08-08-2019

 

COMO FAZER O AMOR DURAR

(Autoria de Eliana Barbosa)*

Em minhas palestras para casais e até mesmo em meus atendimentos, um dos temas abordados é sobre como fazer o amor durar.

Então, hoje, eu trouxe algumas dicas para você manter a conexão emocional com seu parceiro ou parceira, garantindo, assim, mais harmonia na vida a dois:

  • Entenda que escolha amorosa madura não é aquela em que você vê no outro aquilo que lhe falta, e o sente como um complemento de si próprio. Por exemplo: Muitas mulheres se casam para fugir da tirania dos pais, outras para serem mães, algumas fugindo da solidão, e com esse descompasso de interesses entre os parceiros, a tendência é de que essas relações não resistam às pressões do dia a dia.
  • As melhores uniões, no campo afetivo, são aquelas em que você, inteiro, encontra outro “inteiro” para compartilhar com você a vida, as alegrias e as naturais tristezas… Sem usar a outra pessoa como muleta ou remédio para suas fraquezas.
  • Só o amor não basta! Sim, ele é fundamental para a sobrevivência de uma relação, mas se não for cultivado com carinhos, mimos, respeito, lealdade e diálogo, o amor pode se transformar em decepções e mágoas.
  • Uma forma incrível de se conectar com seu parceiro, e manter esse vínculo, é a aprovação, através de elogios – palavras amorosas e sinceras que o façam se sentir valorizado e importante. Para o homem, o reconhecimento de uma mulher vale ouro! Por isso, quando não encontra apreciação em casa, acaba descobrindo lá fora… E para nós, mulheres, a mesma coisa!
  • Outra dica: Não abra mão de seus desejos e sonhos para agradar a quem quer que seja. Os homens não valorizam as parceiras que agem como se fossem suas mães – eles aproveitam as vantagens, mas irão se interessar mesmo por aquelas mulheres independentes emocionalmente, que não precisam agradar o tempo todo para se sentir amadas.
  • E, finalizando: Ao estarem juntos, onde for, mantenham o contato visual, mesmo nas conversas mais banais. E, assim, olhos nos olhos, aproveitem para demonstrar carinho, admiração, desejo e amor!

 

(Eliana Barbosa é life coach, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento,  apresentadora de programas em TV e rádio, e ministra  palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos. Contato: eliana@elianabarbosa.com.br ou (34) 99972-4053)

 

 

O PRIMEIRO NAMORO

 

 

 

tumblr_lm0jpuqiss1qc704uo1_500

(Por Eliana Barbosa*)

Estamos no mês dos namorados e, com ele, muitas reflexões sobre o que é o amor verdadeiro, sobre os prejuízos do ciúme doentio, sobre como fazer durar um relacionamento, e outras mais…

Eu optei por refletir com você, neste momento, sobre o seu primeiro namoro. Não confunda com o primeiro namorado, não! Estou falando do seu relacionamento de amor com você mesmo, com esta pessoa mais importante da sua vida, que é VOCÊ!

Vejo tanta gente ansiosa, não só os jovens, mas também adultos solitários, em busca de um grande amor, mas que se esquecem de que um amor que valha a pena só chega quando as pessoas estão preparadas para recebê-lo.

E o grande engano que percebo é nesse preparo para o amor: as pessoas vão a todas as festas, marcam presença, ansiosamente, em todos os eventos, olhares inquietos para todos os lados…

Isso acontece com você também? A questão é que atitudes assim não vão atrair para você um relacionamento que o satisfaça, sabe por quê? Porque você precisa se satisfazer primeiro, ser feliz e se realizar primeiro, e não buscar no outro a sua felicidade ou realização.

Ninguém gosta de ser tratado como remédio para a solidão ou muletas para as dificuldades do outro na caminhada da vida.

E se você não se namora primeiro, não se aprecia, não se valoriza, inconscientemente você passa uma mensagem para os outros de desinteresse por si mesmo.

Enquanto você colocar as outras pessoas como prioridade em sua vida, você estará afastando de si a oportunidade de ser feliz no amor.

O maior inimigo dos relacionamentos amorosos é criar expectativas em relação ao parceiro ou parceira, porque ninguém é perfeito e, quem se apega às idealizações está mais suscetível às decepções, às mágoas e às culpas.

Procure ser realista em relação à pessoa a qual você ama e seja fiel aos seus próprios valores, porque, se o outro partir, quem sempre vai ficar com você é você mesmo! Por isso, o amor-próprio é tão importante!

O segredo para um relacionamento amoroso feliz é o fortalecimento da autoestima de cada parceiro. A energia da elevada autoestima é poderosíssima – ilumina o olhar, encanta o andar e o falar, e a pessoa torna-se extremamente atraente, amável e cativante. E quem não gosta de estar ao lado de alguém assim?

Então, comece a mudar, preenchendo-se de amor próprio e, repleto de energias amorosas para com o mundo, um grande amor encontrará você.

É tudo muito mágico… Você não precisa correr atrás de um amor, porque se você estiver preparado, ele irá ao seu encontro!

Guarde bem este caminho: primeiro, apaixone-se por si mesmo e pelos seus ideais e, nesse processo, sem esforço algum, você atrairá para perto de si pessoas interessantes e realizadas, e, juntos, vocês formarão um casal que cultiva um amor adulto e durável, porque se baseia na verdadeira independência emocional de cada um.

(*Psicoterapeuta, coach de relacionamentos, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento e apresentadora em TV e rádio)

MULHER, AGORA VOCÊ PODE FAZER UM TREINAMENTO DE 30 DIAS PARA  FORTALECER SEU AMOR-PRÓPRIO —–>>> CLIQUE AQUI PARA SABER TUDO!!!

BANNER PARA OS BLOGS

 

 

 

O AMOR ESTÁ NO AR…

 

 

 

homem-apaixonado-2

(Autoria de Eliana Barbosa*)

Uma das maiores buscas do ser humano é por companhia, por ter alguém com quem compartilhar os seus momentos e, chegando o Dia dos Namorados, parece que essa necessidade de um grande amor aumenta.

Com a proximidade da data,  TV,  jornais, rádio, revistas, internet, tudo o que vemos e ouvimos são propagandas para os apaixonados. As lojas estão repletas de presentinhos para fazer do dia 12 de junho uma data mais que especial.

O amor está no ar, mas não para todo mundo… Quem está à procura de um grande amor se pergunta: “Como vou sobreviver sozinha?” “Será que vai dar tempo de eu me arrumar até o dia 12?”

Dentro do meu trabalho no campo comportamental, tenho me deparado com mulheres desesperadamente sós, correndo atrás de alguém que as complete, como se fossem metades incapazes de se sentirem inteiras e vivas. Encontro mulheres inconformadas com a desilusão amorosa e a solidão.

Então, para todas aquelas que estão em busca de um grande amor,  tenho aqui algumas dicas poderosas:

– Primeiro, esqueça a procura pela “metade da laranja”. Na busca pelo grande amor você deve procurar uma pessoa “inteira”, para que juntos vocês formem um casal equilibrado e harmonioso.

– Antes de procurar alguém por quem se apaixonar entenda que você precisa ser apaixonada por si mesma. Nesse estado de alma você tem mais condições de escolher um parceiro que realmente mereça a sua dedicação e amor.

– Cuidado ao ser disponível demais. Não me refiro aqui a nenhum moralismo, mas algumas mulheres perdem o encanto quando se tornam disponíveis demais. Faz parte do instinto masculino o desafio –  os homens não querem ter a “caça” em sua porta, eles querem ter o prazer de “caçar”.

– Deixe de ser boazinha e dependente. Homens não gostam de mulheres “boazinhas”, que logo se tornam “capachos”. Não há nada mais enfadonho para eles do que mulheres que passam o tempo todo fazendo tudo para agradá-los e, depois de um tempo, começam a cobrar atenção – assim como fazem as suas mães.  Eles gostam de mulheres independentes emocionalmente, que não abrem mão de suas próprias escolhas. Apreciam aquelas que deixam em torno de si uma aura de mistério, que os instiga.

– E muito cuidado com a busca pelo “Príncipe Encantado”. Não é errado sonhar com o homem ideal, mas é preciso estar aberta para o amor em todas as suas possibilidades e, para evitar a decepção amorosa, nunca colocar suas expectativas no outro e sim, sempre, em você mesma!

 Pense nisso com carinho e boa sorte!

*(Eliana Barbosa é psicoterapeuta, coach de relacionamentos, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento e apresentadora em TV e rádio)

VEJA COMO FORTALECER SUA AUTOESTIMA PARA MERECER E ATRAIR UM PARCEIRO  “INTEIRO” E FELIZ —->> CLIQUE AQUI E CONHEÇA O PROJETO ‘VOCÊ MELHOR EM 30 DIAS’

Slide3