Arquivo de etiquetas: positividade

Louise Hay – Uma grande mulher positiva

 

Autora: Eliana Barbosa*

Neste último domingo – 16 de novembro de 2008 -, aqui em Los Angeles, tive a felicidade de conhecer e abraçar um dos maiores exemplos que conheço de mulher positiva – a terapeuta e escritora norte-americana Louise L. Hay. Que carisma e que energia! Ninguém percebe que ela já completou 81 anos de experiência…

Li seus livros pela primeira vez no ano de 2001 e, desde então, vinha alimentando a idéia de um dia conhecê-la pessoalmente e dizer para ela o quanto seus ensinamentos foram importantes na minha vida e no meu trabalho. Quando viajamos para cá, como eu sabia da possibilidade de conhecê-la, trouxe dois livros antigos escritos por ela e um DVD dela que foi lançado este ano no Brasil, justamente pensando em receber a sua dedicatória e foi exatamente assim que aconteceu. Foi emocionante para mim e, mais uma vez, pude comprovar que quando a gente realmente tem um desejo e acredita nele, o Universo conspira a favor.

Se você ainda não leu Louise Hay, eu recomendo que você a conheça lendo o seu mais famoso livro – “Você pode curar sua vida”, onde, além dela contar a sua tumultuada trajetória existencial, ela mostra a todos nós o passo-a-passo do resgate da auto-estima e fala, com muita sabedoria, sobre as doenças e o tipo de emoções ligadas a cada uma delas e como modificar seus padrões de pensamentos no processo de cura. Atualmente, estou relendo este livro, só que agora em inglês, para eu treinar mais esta língua.

Vou transcrever aqui alguns pontos da filosofia de Louise Hay, que se encontram nas páginas iniciais deste seu livro: “Somos todos cem por cento responsáveis por nossas experiências. Cada pensamento que temos está criando nosso futuro. O ponto do poder está sempre no momento presente. Todos sofrem de culpa e ódio voltados contra si próprios. A frase-chave de todos é: ‘Não sou bom o bastante!’ É apenas um pensamento, e um pensamento pode ser modificado. Ressentimento, crítica e culpa são os padrões mais prejudiciais. A liberação do ressentimento pode remover até o câncer. Quando realmente amamos a nós mesmos, tudo na vida funciona. Devemos nos libertar do passado e perdoar a todos. Devemos estar dispostos a começar a aprender a nos amar. A auto-aprovação e a auto-aceitação no agora são a chave para mudanças positivas. Cada uma das chamadas ‘doenças’ em nosso corpo são criadas por nós.

Ao conhecer a história de Louise Hay, você vai se surpreender com a sua força interior no processo de autotransformação e aprender com ela a se tornar uma pessoa muito mais positiva e responsável pelo seu próprio viver.

(*Eliana Barbosa é apresentadora de TV, palestrante e autora de diversos livros no campo do autodesenvolvimento.)