Arquivo da categoria: Mensagens

CURANDO SUA VIDA

 

(Autoria de Eliana Barbosa*)

 

Diante das estatísticas que revelam estarrecedores aumentos nos casos de ansiedade, depressão e suicídio, mundo afora, o único meio que percebo que pode mudar essa triste realidade é a cura dos sentimentos tóxicos que pairam na vida das pessoas, dentre eles a culpa, o ressentimento e o medo.

Sentimentos ruins são absolutamente humanos, normais em nosso viver, mas precisam de controle e equilíbrio, até que possam ser curados e transformados em sentimentos de autoperdão, perdão, autoconfiança e fé em um Poder Supremo que nos guia em todos os momentos.

Daí a importância de você se autoconhecer, entender seus defeitos e crenças limitantes, aceitar que tem mágoas sim, encarar suas culpas, e, sobretudo, exercitar, dia a dia, o perdão e o autoperdão –  ferramentas de cura e libertação -, que o conduzirão a novos horizontes em todos os campos de sua vida.

A meu ver, o primeiro passo para a cura dos sentimentos é o autoperdão, porque quando consegue identificar suas culpas e se perdoar de verdade, você para de sabotar seu crescimento e sua felicidade. E, nesse ponto, você se torna mais preparado para perdoar seus desafetos, através do não julgamento e a compaixão por todos aqueles que, um dia, o decepcionaram.

É importante lembrar que, mesmo com a firme intenção de nos dar o melhor, as pessoas que mais nos ferem, de modo geral, ao longo da vida, são nossos pais. Críticas, depreciações e comparações são atitudes dos pais que geram mágoa e dor nos filhos, mas são poucos que conseguem assumir esses sentimentos em relação aos pais – sem se sentirem culpados por isso -, principalmente porque cresceram ouvindo que “pai e mãe são sagrados”. Pai e mãe, querido leitor, são humanos, passíveis de erros, mesmo querendo acertar, e, de forma inconsciente, repetem padrões de comportamento que aprenderam com seus próprios pais.

Ao entender esta dinâmica da vida e aceitar que tem culpa por ter mágoa de seus pais, começa, então, em sua vida, um processo de transformação, pelo qual você vai se perdoar e perdoar seus pais, e a libertação interior é tão grande, que você irá sentir sua vida fluindo, oportunidades surgindo, saúde florescendo, e alegria de viver retornando aos seus dias.

Eis aí a “mágica” da cura dos sentimentos, e ela só depende de você, de ninguém mais!

(*Eliana Barbosa é psicoterapeuta, life coach, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento. Contato: eliana@elianabarbosa.com.br ou +55 (34) 9 9972-4053)

BAIXA AUTOESTIMA E INVEJA

(Autoria de Eliana Barbosa*) 

A cada dia que passa mais me surpreendo com a relação direta que existe entre baixa autoestima e sentimento de inveja.

É incrível como alguém com pouco senso de valor é capaz de se sentir ameaçado com o sucesso e o brilho dos outros!

E o mais triste é que essa sensação de incapacidade e de inveja pode levar a pessoa ao desespero e a atos insanos dos quais poderá se arrepender, com amargura, no futuro.

Por isso, é preciso que trabalhemos a autoestima das crianças e dos jovens, enquanto estão sob nossos cuidados, para reforçar neles sua autovalorização e autoconfiança.

Depois de adulto, é mais trabalhoso desenvolver sentimentos de amor-próprio em quem sempre se achou pior do que os outros, nos mais diversos aspectos.

Um dos caminhos para você detectar se sua autoestima ainda é pequena é procurar investigar seus sentimentos em relação às pessoas bem-sucedidas. Se você tem o hábito de criticá-las ou de desprezá-las, com certeza você está sentindo inveja delas e não suporta ver suas realizações positivas. Tudo isso porque você, inconscientemente, pensa que não é capaz de conseguir o mesmo sucesso e felicidade para sua vida, já que se acha menos do que os outros.

Miguel de Cervantes, escritor espanhol,  explica assim: “A inveja vê sempre tudo com lentes de aumento que transformam pequenas coisas em grandiosas, anões em gigantes, indícios em certezas.”

Cuidado com sentimento tão mesquinho como a inveja. Você fica tão obcecado com a vida da pessoa que você inveja, que se torna cego e ingrato às numerosas oportunidades de vencer que chegam até você.

O filósofo inglês Bertrand Russell disse: “O invejoso, em vez de sentir prazer com o que possui, sofre com o que os outros têm.”

Aprenda a transformar esta emoção negativa da inveja em um suave sentimento de admiração. Sim, admire quem já conseguiu mais do que você na vida e procure seguir seus exemplos de atitude positiva e empreendedora. Com a inveja, você caminha para o abismo da solidão e da miséria; entretanto, com a admiração, você, com certeza,  seguirá a trilha do bem viver.

E para aqueles que são alvo da inveja alheia, por favor, não se escondam do mundo, porque, como bem disse o historiador grego Heródoto, “Mais vale ser invejado que lastimado.”

Portanto, acredite mais em você, em suas potencialidades e no quanto você pode ser feliz! De uma vez por todas, saia da sua frente e pare de atrapalhar a si mesmo!

(*Eliana Barbosa é psicoterapeuta, life coach, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento. Contato: eliana@elianabarbosa.com.br ou +55 (34) 9 9972-4053)

 

Aproveito para convidar VOCÊ, que acompanha meu trabalho, para  participar do Curso CURA DOS SENTIMENTOS, onde você vai aprender a dominar sua mente, seus pensamentos e sentimentos para conquistar mais saúde física, mental, emocional, relacional e financeira.


Acesse: www.elianabarbosa.com.br/curso-cura-dos-sentimentos/ , informe-se a respeito do Curso e venha participar desta imersão de  15 horas de duração (sábado e domingo – 29 e 30 de junho de 2019),  em um trabalho de pura inspiração e transformação rápida e duradoura!

  Pense nisso e mude, hoje mesmo, sua vida para muito melhor!!!

HORA DE PASSAR A LIMPO O PASSADO

 

 

 (Autoria de Eliana Barbosa*)

Em minhas palestras sempre falo sobre a importância de saber viver o “Aqui e Agora”, arquivando o passado no passado e deixando as preocupações do  futuro para quando ele se tornar presente. Porém, é preciso ficar claro que situações mal resolvidas do passado, que lhe causaram decepções, mágoas ou culpas podem estar afetando o seu viver hoje, trazendo amargura e tristeza para os seus dias.

Então, nesse caso, é preciso reabrir seu baú de recordações, remexer nas feridas não cicatrizadas e passar tudo a limpo. Veja como:

  • Lembre-se: Hoje você é uma pessoa que amadureceu com as duras provas que passou. Ao invés de se manter sofrendo e reclamando pelos traumas que viveu, procure ser grato pelas experiências que adquiriu. Essa mudança de ponto de vista tem o poder de libertá-lo das amarras de um passado triste.
  • Fugir de lembranças que o feriram é como adiar a felicidade. Encare suas dores, compartilhe suas lembranças com quem possa lhe compreender e aconselhar, e verá que as coisas em sua vida começarão a fluir.
  • E, principalmente, disponha-se a perdoar. Primeiro, o autoperdão, aceitando suas fraquezas e erros que atraíram complicações para sua vida. E, depois, exercite o perdão a todos aqueles que, em determinada época, foram os vilões de sua história.
  • E não confunda perdão com reconciliação. Você deve perdoar a todos, porém com alguns deles você deverá manter distância, para sempre!
  • Pare de acreditar que perdoar dará mais poder para o ofensor ou que vai libertar a consciência dele. Esqueça o outro… Ele é o que é e você deverá tomar cuidado com ele!
  • Mas você pode ser e estar bem melhor do que é e está hoje, com a firme decisão de sair do papel de vítima, deixar de lado a tola ilusão de que o passado poderia ter sido diferente, e seguir em frente!
  • Entenda que o perdão é libertador para você – uma poderosa “vacina” contra a depressão e doenças mais graves, bem como a “chave mágica” para uma vida de alegrias e prosperidade!

Pense nisso com carinho!!!

(*) Eliana Barbosa é life coach, psicoterapeuta,  palestrante e autora de diversos livros no campo do autodesenvolvimento.

 

LIÇÕES DO MESTRE JESUS

(Autoria de Eliana Barbosa*)

Aproveitando o espírito da Páscoa, quando os cristãos celebram a ressurreição de Jesus, convido-o, querido leitor, para acompanhar comigo algumas preciosidades que Ele – nosso Grande Mestre –  nos deixou como legado, sempre tão atuais para nosso cotidiano:

  • “Deus está dentro de você e ao seu redor, e não em castelos de pedra ou em mansões de madeira.” Jesus diz aqui que Deus está com você a cada instante de sua vida e você não precisa, necessariamente, de locais e rituais pré-estabelecidos para se conectar com a Divindade. Esta conexão se faz a partir de seus pensamentos, sentimentos e ações voltados para o bem. Para Deus, mais do que palavras, imagens, e aparências, o que importa é a intenção. Ele não se preocupa com a forma, mas sim com o conteúdo!
  • “Não faça aos outros o que não quer que façam contigo.”Essa é a “regra de ouro” da felicidade. Antes de cada atitude, pergunte a si mesmo: “Eu ficaria feliz se fizessem isso comigo?” Coloque-se no lugar do outro, combatendo o egoísmo e cultivando a paz.
  • “Ame ao próximo como a si mesmo.” – Aqui Jesus deixou uma lição de caridade, bem como de autoestima. Se você não tiver um verdadeiro amor, respeito e admiração por si próprio, como poderá vivenciar esse ensinamento, e dar amor, respeito e admiração ao outro?
  • “Deus não lhe dá mais do que você pode carregar.” Esta é uma mensagem de aceitação, para trazer serenidade ao seu coração. Como Pai Amoroso que é, Deus nos proporciona oportunidades de crescer, com fardos pesados sim, mas adequados para cada ombro que os carrega. O grande segredo para vencer as dificuldades da existência é parar de reclamar e desenvolver uma aceitação dinâmica – aceite o problema e, apoiado em Deus, enfrente-o, com coragem e fé!

Jesus Cristo foi o maior Mestre que passou pela Terra e seu exemplo é fundamental em nossas lutas diárias com as provações e tentações.

Então, finalizando, deixo aqui duas sugestões: Estude mais o Evangelho e, em momentos de desafios e dúvidas, pergunte a si mesmo: “O que Jesus faria nesta situação?” Ao aplicar esta resposta, seguindo os modelos do Senhor, você irá, definitivamente, mudar o rumo de sua vida!

Feliz Páscoa!

Eliana Barbosa é life coach, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento,  apresentadora de programas em TV e rádio, e ministra  palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos.

Contato: eliana@elianabarbosa.com.br ou pelo WhatsApp: +55 (34) 99972-4053

 

 

SETE DIAS PARA MELHORAR SEUS RELACIONAMENTOS

(Autoria de Eliana Barbosa*)

Se você convive com pessoas complicadas, consigo imaginar o seu desgaste emocional no dia-a-dia. Você sabia que, segundo estudos, 60% dos assassinatos na cidade de São Paulo, no Brasil, têm como causa discussões por motivos banais, no trânsito, entre vizinhos, ou mesmo em casa?

Então, hoje, eu vou lhe ensinar como, em uma semana, aprimorar sua capacidade de se relacionar, contornando os obstáculos da convivência. Vamos lá:

SEGUNDA-FEIRA: Quando essa pessoa problemática se aproximar, ao invés de você se sentir incomodado, procure emanar vibrações positivas para ela, repetindo, mentalmente: “Ela é maravilhosa!” Mesmo que não seja verdade ainda, entenda que  pensamento é pura energia, e o que vai sempre volta…

TERÇA-FEIRA: Procure um motivo real para elogiá-la, e, se possível, faça o elogio em público, para que ela se sinta mais valorizada.

QUARTA-FEIRA: Você vai, secretamente, em um papel, fazer uma lista de todos os desaforos que já ouviu dessa pessoa que o irrita, como se estivesse fazendo uma faxina em suas emoções. Depois, leia cada tópico e despeça-se desse lixo, colocando fogo neste papel. O que ela pensou ou pensa de você não é problema seu!

QUINTA-FEIRA: Você vai começar a trabalhar a compaixão – mentalmente, coloque-se no lugar da pessoa complicada e imagine como pode ter sido sua infância, como ela deve ter passado ou está passando por situações que, de alguma forma, têm  afetado seu comportamento.

SEXTA-FEIRA: A partir de agora, você não vai mais julgar, nem reclamar dessa pessoa! Quando alguém falar mal dela, você vai mudar de assunto, cancelando, assim, a maledicência.

SÁBADO: Você vai praticar a paciência, procurando ouvi-la com mais atenção, entendendo a vida pelo ponto de vista dela. Nada melhor do que ouvidos generosos para conquistar as pessoas!

DOMINGO: Depois de tantas habilidades adquiridas, dia de fazer uma gentileza: ofereça a ela uma revista nova, um jornal, ou um café bem gostoso, e a convide para conversar, sem críticas, nem queixas ou condenações.

Certamente, ao final dessa semana, esta convivência conturbada terá melhorado.

Mas lembre-se: esta estratégia não é para mudar o outro, e sim para fortalecer em você suas competências nas relações pessoais, seja com quem for!

 

Eliana Barbosa é life coach, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento,  apresentadora de programas em TV e rádio, e ministra  palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos.

Contato: eliana@elianabarbosa.com.br ou pelo WhatsApp: +55 (34) 99972-4053

 

APRIMORE SUA AUTOESTIMA E, COM ISSO, FORTALEÇA SUA CAPACIDADE DE SE RELACIONAR MELHOR.
CLIQUE E CONFIRA!
PROJETO VOCÊ MELHOR EM 30 DIAS – CURSO ONLINE PARA MULHERES!

CONVIVÊNCIA COM PESSOAS TÓXICAS

 

(Autoria de Eliana Barbosa*)

Em meus atendimentos e até em palestras, é bem comum ser questionada sobre como lidar com pessoas complicadas e pessimistas.

Se esse é um desafio que você enfrenta em seu dia a dia, vivendo um relacionamento tóxico, entenda que uma pessoa é tóxica por causa de seu próprio modo negativo de ser, e daqueles problemas que ela faz questão de cultivar.

Por isso, é importante que você aceite que o comportamento de uma pessoa tóxica, ao seu lado, não tem nada a ver com você. Essa é a natureza dela e ninguém pode mudar ninguém, a não ser a si mesmo.

A sua própria transformação interior pode servir de inspiração para a mudança dos outros, e isso é tudo que você pode fazer.

Na vida, cada um de nós tem que assumir a responsabilidade por nossas próprias ações, mas as pessoas tóxicas não fazem isso.

Elas têm o hábito de transformar as coisas ao redor, de distorcer os fatos, de forma que você se sinta mal, culpado, como se estivesse em falta com elas.

Porém, a partir do momento em que percebe esse “jogo”, você  começa a resgatar seu poder pessoal, reagindo a seu favor, e não se permitindo mais ser afetado por essa toxicidade.

É quando chega a hora do “BASTA!” – Basta desse jogo, basta de engolir acusações, e basta de aceitar críticas e culpas!

E, em nome de sua felicidade, perdoe e esqueça – não no sentido de perder a memória – isso é impossível, a não ser que você sofra um acidente cerebral.

O verdadeiro sentido de “esquecer as ofensas” é deixar de lado essa pessoa que tanto veneno trouxe à sua vida, relegando a ela uma posição de  “desimportância” em sua história!

Só assim você conquistará sua liberdade emocional e a alegria de ser quem você é!

 

Eliana Barbosa é life coach, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento,  apresentadora de programas em TV e rádio, e ministra  palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos.

Contato: eliana@elianabarbosa.com.br ou pelo WhatsApp: +55 (34) 99972-4053