Arquivo de etiquetas: superação

A FRAGILIDADE DA VIDA

 

fragilidade-da-vida

(Autoria de Eliana Barbosa)*

Diante das tragédias coletivas e individuais que o mundo tem presenciado ou vivenciado, quero compartilhar com você, amigo leitor, algumas reflexões sobre a fragilidade da vida e a importância da união familiar nos momentos de dor.

É muito triste falar sobre a morte, mas ela é a única certeza que todos nós temos quando nascemos. E por ser tão certa assim, acredito que ela – a morte – deveria ser mais respeitada, no sentido da valorização de nossas vidas e da vida daqueles que amamos.

Você já percebeu quantos momentos felizes acontecem e você não os reconhece?

Infelizmente, ainda é natural em muitas pessoas só observarem as dores, infelicidades e decepções – quando tudo está bem, vão apenas levando a vida, ao invés de colocarem a gratidão e a união familiar em evidência.

E aí, muitas vezes, quando menos esperam, podem ser acordadas para a vida de uma forma chocante, em que a morte rouba-lhes os corações próximos, sem tempo, ao menos, de dizer adeus.

Por isso, diante da fragilidade da vida, jamais despreze uma oportunidade de se aproximar mais das pessoas que lhe são caras, de pedir perdão ou de deixar os melindres de lado e perdoar.

Sabendo das incertezas do viver, a consciência tranquila é um poderoso consolo para a triste e implacável realidade da morte.

E se a morte só passou perto, mas deu a você uma chance de ver a vida com outros olhos, acompanhe essa história que a Revista Seleções do Reader´s Digest de abril de 2000 conta sobre o ator Christopher Reeve (1952-2004), mais conhecido como o Super Homem:

Em maio de 1995, ele participava de uma competição hípica e sofreu uma queda, quebrando as duas vértebras cervicais superiores, o que o deixou tetraplégico.

Quando o médico lhe disse que deveria passar por uma delicada cirurgia e que talvez não sobrevivesse, ele chegou a pensar em morrer, pois achava que, assim, pouparia aos outros um monte de problemas.

Sua vida se tornou difícil. Quando estava sozinho, deitado, olhando para as paredes, sentia-se muito triste. Imóvel, conseguia adormecer e sonhava que estava de novo cavalgando, representando.

Certo dia, sua esposa, Dana, com quem se casara há três anos, entrou no quarto do hospital e lhe falou: ‘Quero que você saiba que estarei com você até o fim, não importa o que aconteça. Você ainda é você e eu o amo.’

Dias depois, seu filho de três anos também lhe trouxe novas esperanças. Mesmo sabendo que o pai, agora, não mexia mais os braços e não podia mais correr, disse, alegremente: ‘Mas papai ainda pode sorrir.’

Reeve criou uma Fundação com o objetivo de melhorar a condição de vida de pessoas vítimas de algum tipo de paralisia e passou o resto de sua vida lutando por pesquisas com células-tronco. Mesmo totalmente limitado fisicamente, ele conseguiu fazer a diferença!

Por isso, enquanto ainda é tempo, acorde para a vida, sorria, ame e seja muito feliz!

(*Eliana Barbosa é apresentadora de TV, palestrante e autora de diversos livros no campo do autodesenvolvimento.)

Clique para saber sobre meus ATENDIMENTOS

SEIS PASSOS PARA RECUPERAR SUA AUTOESTIMA

 

 

10500538_745594422200652_2102210708595590096_n

 (Autoria de Eliana Barbosa*)

Você por acaso conhece alguém feliz e bem sucedido que apresente baixa autoestima? Eu nunca vi… Afinal, autoestima e autoconfiança são fatores decisivos para a realização pessoal e profissional.

Se você tem se sentido por baixo por causa de uma decepção amorosa, falta de valorização no trabalho ou mesmo desemprego, dívidas, excesso de peso, problemas com filhos, etc…, eis aqui 6 passos para você recuperar sua autoestima e se surpreender com a própria mudança:

  • Pare de dar poder aos outros para mandar em suas decisões. Chegou a hora de conquistar o controle de sua vida e se tornar o personagem principal de sua história!
  • Não permita mais que os outros abusem da sua fragilidade e bondade. Aprenda a dizer “não” quando seu coração pedir um “não”, sem medo da cara feia dos outros. Quando precisar negar um pedido, use essa expressão mágica, que amenizará o seu “não”: “Sinto muito, mas… (não posso fazer isso, não quero ir, não preciso disso, não aceito isso, etc)”
  • Faça as pazes com o espelho. Todas as vezes em que passar perto de um espelho, pare, olhe no fundo de seus olhos, sorria pra você e faça uma declaração de amor. No começo pode parecer estranho, mas insista, porque a sensação de ser amado por si mesmo vai lhe trazer bem estar, brilho pessoal e autoconfiança.
  • Pare de temer o “não” das pessoas.  Por causa desse medo você já perdeu muitas oportunidades na vida! Arrisque-se a solicitar aos outros o que você deseja, porque o máximo que você vai ouvir é um  “não”, e tudo continuará como antes, mas se ouvir um “sim”… , já pensou como será bom?
  • Daqui para frente, aceite sua humanidade e pare de cobrar tanta perfeição de si mesmo. Assuma seus erros e fracassos, tire lições das adversidades, levante a cabeça e siga adiante! Se você ficar esperando perfeição para realizar as coisas, você nunca realizará nada na vida. Perfeição ainda não é deste mundo, mas sim a excelência, através da melhora contínua – hoje sou melhor do que ontem e amanhã serei melhor do que hoje!
  • E, finalizando, eu te convido para conhecer o treinamento online (para mulheres) chamado PROJETO VOCÊ MELHOR EM 30 DIAS, onde, passo-a-passo, eu ensino como reconhecer suas qualidades e fraquezas, suas crenças limitantes e transformá-las em fortalecedoras, como resgatar sua autoestima e autoconfiança e, assim, saber se relacionar com os outros sem dependência emocional ou medo da solidão. Acesse este link e saiba tudo sobre essa jornada de autotransformação para que, em 30 dias, você possa dar uma virada em sua vida!

 

 (*) Psicoterapeuta, life coach, palestrante, apresentadora de TV e rádio e autora de livros no campo do autodesenvolvimento. Contato: eliana@elianabarbosa.com.br 

 

CHEGA DE SER INFELIZ CONSIGO MESMA!!!.  MUDE ISSO DE UMA MANEIRA PRÁTICA, RÁPIDA E SEGURA EM 30 DIAS!!! CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS:  http://bit.ly/vcmelhor30dias

 

 

 

 

8 DICAS PARA ACABAR COM O MEDO DE ENVELHECER

envelhecer 1

(Autoria de Eliana Barbosa)

 

Hoje eu te convido para uma reflexão bem interessante: Que tal começar a ter um olhar mais benevolente e positivo para a questão do envelhecimento?
Veja, então, o que tenho aprendido ao longo dos meus 51 anos de idade, e com a valiosa experiência de meus pacientes, familiares e amigos:

envelhecer 8

1- Ao encarar o envelhecimento como algo natural em sua vida, você lida com esse assunto com muito mais bom-humor e leveza.

 

envelhecer 7   
 2- É importante saber envelhecer, mas amadurecer também, porque quando a pessoa não aceita sua idade e tenta escondê-la, isso é sinal de imaturidade, de insegurança emocional.

 

envelhecer 3

3- As pessoas que envelhecem com um Plano B para essa fase da vida são mais felizes, ou seja, quando elas já se programam para superar certas limitações que vão aparecendo, tudo flui sem traumas nem pesares.

 

envelhecer 12

4- Com o passar do tempo é comum também aumentar a sua autoconfiança. Você para de se comparar com os outros e começa a ter um posicionamento mais assertivo diante das situações da vida, e até mais credibilidade naquilo que faz.

 

envelhecer 2

5- Com os anos, tendemos a ter mais compaixão e aceitação diante das imperfeições dos outros, o que é sinal de sabedoria!

 

envelhecer4

6- Quando a pessoa envelhece com consciência do seu valor, ela passa a se preocupar muito mais em contribuir do que em competir, o que vai tornando-a cada vez mais espiritualizada, serena e linda.

 

envelhecer 10

7- Mas fica aqui um alerta pra você: Para viver uma velhice com saúde e bem-estar, você deve, antes de tudo, se amar, se cuidar, se respeitar e se valorizar.

 

envelhecer 6

8- E para isso, seja sempre sincero com seus desejos e sonhos e, quando for preciso, diga NÃO – sem medo ou culpa – para todos aqueles que ainda insistem em tratá-lo como escravo ou capacho. Chegou a hora de dizer SIM pra você!
 Pense nisso com carinho!!!

(* Eliana Barbosa é psicoterapeuta, coach de relacionamentos, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento, e apresentadora em TV e rádio) 

E, aqui, um convite para que você conheça o Curso CURA DOS SENTIMENTOS, e venha conosco nesta imersão de 8 horas de pura inspiração e transformação

 PANFLETO CURA DOS SENTIMENTOS HORIZONTAL - INSTITUCIONAL

 

SAIBA MAIS

A CONFUSÃO MENTAL DOS IDOSOS

agua1

O médico Arnaldo Lichtenstein tem algumas recomendações simples porém muito importantes para você e quem você quer bem:

“Durante as aulas de clínica médica que ministro aos estudantes do 4º ano de Medicina, a certa altura, faço a seguinte pergunta:

– Quais as causas mais comuns de confusão mental nas pessoas idosas?

Alguns tentam adivinhar: “Tumor na cabeça”.

Eu respondo: “Não”.

Outros arriscam: “Mal de Alzheimer”

Novamente, respondo: “Não”.

A cada negativa os alunos vão demonstrando espanto….

E ficam ainda mais boquiabertos quando menciono os três motivos mais comuns:

– Diabetes fora de controle;

– Infecção urinária;

 – A família foi passear e deixou o avô e a avó em casa, para não se cansarem.

Embora pareça brincadeira, não é nada disso. Como o avô e a avó não sentiram sede, não ingeriram líquidos.

Quando não há ninguém mais em casa para lembrá-los de tomar água, ou chá, ou um suquinho, eles desidratam-se rapidamente.

A desidratação pode vir a ser grave, afetando todo o organismo. Pode causar confusão mental repentina, queda de pressão arterial, aumento dos batimentos cardíacos, angina (dor no peito), coma e até o óbito.

Atenção: não é brincadeira!

O processo natural de envelhecimento faz com que, na terceira idade – que começa aos 60 anos – tenhamos pouco mais de 50% de água no organismo.

 Portanto, os idosos têm menor reserva de líquidos.

 Para complicar mais o quadro, mesmo desidratados, eles não sentem vontade de tomar água porque, muitas vezes, há certa disfunção nos seus mecanismos de equilíbrio interno.

 Conclusão:

 As pessoas idosas desidratam-se com mais facilidade não apenas porque têm menos reserva de água, mas também porque não se dão conta de que necessitam de água. Mesmo que o idoso seja saudável, a falta de líquido reduz o desempenho das reações químicas e funcionais de todo o organismo.

 Por esse motivo, aqui estão dois alertas:

 1 – O primeiro é para as pessoas idosas: Fiquem bem conscientes do hábito de tomar líquidos. Por líquido entenda-se água, chás, água-de-coco, melancia, sucos, melão, abacaxi, tangerina, gelatina, laranja, leite, sopas… O importante é, a cada duas horas, ingerir um copo ou uma xícara com líquido. Lembrem-se bem disso!

2 – O segundo alerta é endereçado aos familiares: Ofereçam com bastante frequência líquidos aos idosos. Ao mesmo tempo, prestem atenção. Caso percebam que estão rejeitando líquidos e, que, de repente, ficam confusos, irritadiços, alheios ao que se passa ao redor, cuidado!. É quase certo que sejam sintomas de desidratação.”

“Deem-lhes líquidos e procurem logo atendimento médico”.

 

(*) Arnaldo Lichtenstein, médico, é clínico-geral do Hospital das Clínicas e professor colaborador do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Este artigo é de utilidade pública. Por favor, compartilhe com as pessoas que você conhece!

 Fonte: Fazbemasaúde

 

 

BANNER PARA HOME

5 SINAIS DE QUE VOCÊ ANDA ESTRESSADA

 

Mujer intentando dormir

(Autoria de Eliana Barbosa)

 

Vida corrida, casa, marido, filhos, carreira… Eu sei como é lidar com tantas responsabilidades e precisar estar sempre bem, arrumada, cheirosa e disposta para realizar tudo.

Pois é… Mas tem sido muito alto o preço que pagamos por nos permitir ultrapassar todos os nossos limites físicos e emocionais, nessa eterna autocobrança que fazemos de sermos perfeitas e invencíveis. Não somos!!!

Então, veja aqui 5 sinais de que você anda estressada e de que está na hora de dar um basta a esse estilo de vida, respirar fundo e lembrar que se você não estiver bem e equilibrada, bem nenhum fará àqueles que convivem com você:

  1. Agitação e insônia – Quando você vai se deitar, não relaxa nem consegue interromper pensamentos preocupados que vão e vem… Minha dica: procure ouvir um relaxamento antes de dormir. No Youtube há centenas de opções de áudios e você poderá escolher um diferente a cada noite, até descobrir o que é melhor pra você.  E não se preocupe se dormir no meio do relaxamento.
  2. Mania de reclamar – Quanto mais você reclama, mais difícil a vida lhe parece. Então, toda vez que pensar em uma reclamação, troque por um pensamento de gratidão.
  3. Doenças que aparecem do “nada” – Quando você está estressada, sua imunidade cai e, por isso, você fica mais vulnerável às doenças, sem falar naquela dor de cabeça chata que nada resolve. O relaxamento que você fará todas as noites vai fortalecer suas emoções e, assim, te ajudar a criar resistência aos vírus e bactérias. E, mais serena, sua cabeça vai parar de sofrer com as naturais pressões da vida.
  4. Emotividade exagerada – fazer “tempestade em copo d’água” é comum quando estamos cansadas. Tome consciência disso e, mesmo que chore um pouco, nada de ficar comentando suas dores pra todo mundo.
  5. Perda de memória – O estresse também leva ao esgotamento do cérebro e, assim, pode acontecer de você ter um “branco” e se esquecer de algo importante. Nessa hora, respire fundo, e faça o seguinte exercício: junte as laterais externas de cada mão e bata uma na outra por uns 20 segundos. Essa prática, 4 vezes ao dia, vai lhe garantir equilíbrio, sensatez nas decisões, clareza de pensamento, boa memória e serenidade.

Combinado???

Pense nisso com carinho e até sempre!!!

(*Coach de relacionamentos, psicoterapeuta, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento, e apresentadora em TV e rádio) 

 

E-BOOK GRATUITO – CLIQUE PARA GANHAR! 

EBOOK COMO COMBATER O ESTRESSE E A ANSIEDADE