Arquivo de etiquetas: Auto-Estima

DIGA MAIS “SIM” PRA VOCÊ

 

 freedom-600x330

(Autoria de Eliana Barbosa*)

 

Em minhas atividades profissionais, onde trabalho nas pessoas o despertar de sua automotivação aliada à transformação, um dos aspectos da vida humana que mais enfatizo é o cultivo da autoestima – elemento primordial no caminho das realizações e da felicidade.

De posse de uma saudável autoestima, você se sente mais livre para ser você mesmo, para ser sincero consigo próprio, sem medo de se desviar para o caminho do egoísmo.

Eis, a seguir,  4 SINAIS de que você está PRECISANDO APRIMORAR SUA AUTOESTIMA:

Dificuldade em dizer “não” para os outros, pois sente culpa e medo de perder a aprovação e o amor de quem o rodeia.

– Por outro lado, você se abandona, anula seus desejos, não consegue dizer “sim” para quem você deve amar e apreciar em primeiro lugar: VOCÊ!

Fica tentando agradar aos outros o tempo todo, esforçando-se para ser “legal” com pai, mãe, irmão, amigos, colegas de trabalho.  O ator Reynaldo Gianecchini, certa vez em uma entrevista na TV, depois de superar e se curar de um câncer muito raro, respondeu que uma grande lição que ele aprendeu com a doença foi: “Deixei de ser fofo!” Entenda… Pensar que você vai agradar a todo mundo é o caminho mais curto para a decepção!

– E o último sinal de que sua autoestima não está boa é ter medo de ouvir “não” dos outros. Neste caso, muitos se anulam e passam a vida em branco, ao invés de ousar uma solicitação e ouvir como resposta um “sim” libertador, ou, na pior das hipóteses, um “não”, que nada mudará a situação atual. Por receio de receber um “não”, as pessoas não se arriscam…

Por isso, atenção: Chegou a hora de você se conhecer melhor e identificar dentro de si tudo aquilo que está bloqueando seu crescimento.

Chegou a sua vez de se agradar, de dizer “sim” para suas vontades, de se amar apaixonadamente e de se cuidar muito mais. Afinal, uma pessoa tão especial como você só merece o melhor!

E finalizando esta reflexão, uma singela história de autor desconhecido, sobre o medo de desagradar aos outros,  que pode significar para você uma preciosa lição:

“Um casal de idosos comemora suas Bodas de Ouro após longos anos de matrimônio.

Enquanto tomavam juntos o café da manhã a esposa pensou: ‘Por cinquenta anos tenho sempre sido atenciosa para com meu esposo e sempre lhe dei a parte crocante de cima do pão. Hoje desejo, finalmente, degustar eu mesma essa gostosura.’

Ela espalhou manteiga na parte de cima do pão e deu ao marido a outra metade.

Ao contrário do que ela esperava, ele ficou muito satisfeito, beijou sua mão e disse: ‘Minha querida, você acaba de me dar a maior alegria do dia. Por mais de cinquenta anos eu não comi a parte de baixo do pão, que é minha preferida. Sempre pensei que era você que deveria tê-la, já que tanto a aprecia.’”

(*Eliana Barbosa é life coach, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento,  apresentadora de programas em TV e rádio, e ministra  palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos. Contato: eliana@elianabarbosa.com.br)

ATENDIMENTOS 2

8 DICAS PARA ACABAR COM O MEDO DE ENVELHECER

envelhecer 1

(Autoria de Eliana Barbosa)

 

Hoje eu te convido para uma reflexão bem interessante: Que tal começar a ter um olhar mais benevolente e positivo para a questão do envelhecimento?
Veja, então, o que tenho aprendido ao longo dos meus 51 anos de idade, e com a valiosa experiência de meus pacientes, familiares e amigos:

envelhecer 8

1- Ao encarar o envelhecimento como algo natural em sua vida, você lida com esse assunto com muito mais bom-humor e leveza.

 

envelhecer 7   
 2- É importante saber envelhecer, mas amadurecer também, porque quando a pessoa não aceita sua idade e tenta escondê-la, isso é sinal de imaturidade, de insegurança emocional.

 

envelhecer 3

3- As pessoas que envelhecem com um Plano B para essa fase da vida são mais felizes, ou seja, quando elas já se programam para superar certas limitações que vão aparecendo, tudo flui sem traumas nem pesares.

 

envelhecer 12

4- Com o passar do tempo é comum também aumentar a sua autoconfiança. Você para de se comparar com os outros e começa a ter um posicionamento mais assertivo diante das situações da vida, e até mais credibilidade naquilo que faz.

 

envelhecer 2

5- Com os anos, tendemos a ter mais compaixão e aceitação diante das imperfeições dos outros, o que é sinal de sabedoria!

 

envelhecer4

6- Quando a pessoa envelhece com consciência do seu valor, ela passa a se preocupar muito mais em contribuir do que em competir, o que vai tornando-a cada vez mais espiritualizada, serena e linda.

 

envelhecer 10

7- Mas fica aqui um alerta pra você: Para viver uma velhice com saúde e bem-estar, você deve, antes de tudo, se amar, se cuidar, se respeitar e se valorizar.

 

envelhecer 6

8- E para isso, seja sempre sincero com seus desejos e sonhos e, quando for preciso, diga NÃO – sem medo ou culpa – para todos aqueles que ainda insistem em tratá-lo como escravo ou capacho. Chegou a hora de dizer SIM pra você!
 Pense nisso com carinho!!!

(* Eliana Barbosa é psicoterapeuta, coach de relacionamentos, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento, e apresentadora em TV e rádio) 

E, aqui, um convite para que você conheça o Curso CURA DOS SENTIMENTOS, e venha conosco nesta imersão de 8 horas de pura inspiração e transformação

 PANFLETO CURA DOS SENTIMENTOS HORIZONTAL - INSTITUCIONAL

 

SAIBA MAIS

SEM MEDO DE MUDAR

L

(Autoria de Eliana Barbosa*)

Você já percebeu quantas coisas na sua vida poderiam ser melhores e mais dinâmicas se você não tivesse tanto medo de mudar?

Pois então, vamos a algumas reflexões sobre a importância das mudanças: 
  • Cuidado com a mediocridade –  Tudo que permanece estável, que não evolui, tende a cair na mediocridade. Muitas pessoas insistem na permanência, e passam a existência como se estivessem em conserva, “enlatadas” em seus pensamentos limitantes e resultados insignificantes.
  • O medo da mudança é o medo do desconhecido, de sair de sua “zona de conforto” e ter que se adaptar ao novo.
  • Um dos motivos do medo de mudar – comportamentos, companhias, trabalho, casa, etc – é o medo das perdas, porque toda mudança traz muitos ganhos, mas sempre ocasiona algumas perdas e problemas também. Portanto, prepare-se para ganhos e perdas.
  • A coragem de mudar pode lhe abrir um campo enorme de oportunidades.
  • Comece mudando pequenos hábitos, tipos de leituras e conversas, fazendo novos amigos, melhorando a sua forma de tratar as pessoas e tornando seus pensamentos mais abertos às novidades.
  • Perceba que quando você toma a iniciativa de se transformar para melhor, tudo à sua volta começa também a melhorar.
  • Lembre-se: Você não pode mudar ninguém a não ser você mesmo e nada muda se você não mudar primeiro!
  • A vida é dinâmica – Cuidado com o apego às experiências anteriores que deram certo. Nem sempre o que deu certo antes pode ser a solução mais acertada agora. Fique de olho: Muitas vezes está na hora de mudar.
  • Fique esperto: Ou você muda ou acaba mudado pelas circunstâncias da vida.

Então, enquanto é tempo, acorde para a vida e busque as suas mudanças!

Esta é uma escolha só sua!

Abraços otimistas e até o nosso próximo encontro!

 

(* Psicoterapeuta, coach de relacionamentos, terapeuta de Florais de Bach, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento, e apresentadora em TV e rádio) 

 

Que tal começar pela sua AUTOESTIMA?  Conheça este TREINAMENTO ESPECIAL PARA MULHERES:

CHEGA DE SER INFELIZ CONSIGO MESMA!!!.  MUDE ISSO DE UMA MANEIRA PRÁTICA, RÁPIDA E SEGURA EM 30 DIAS!!! CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS:  http://bit.ly/vcmelhor30dias

5 SINAIS DE QUE VOCÊ ANDA ESTRESSADA

 

Mujer intentando dormir

(Autoria de Eliana Barbosa)

 

Vida corrida, casa, marido, filhos, carreira… Eu sei como é lidar com tantas responsabilidades e precisar estar sempre bem, arrumada, cheirosa e disposta para realizar tudo.

Pois é… Mas tem sido muito alto o preço que pagamos por nos permitir ultrapassar todos os nossos limites físicos e emocionais, nessa eterna autocobrança que fazemos de sermos perfeitas e invencíveis. Não somos!!!

Então, veja aqui 5 sinais de que você anda estressada e de que está na hora de dar um basta a esse estilo de vida, respirar fundo e lembrar que se você não estiver bem e equilibrada, bem nenhum fará àqueles que convivem com você:

  1. Agitação e insônia – Quando você vai se deitar, não relaxa nem consegue interromper pensamentos preocupados que vão e vem… Minha dica: procure ouvir um relaxamento antes de dormir. No Youtube há centenas de opções de áudios e você poderá escolher um diferente a cada noite, até descobrir o que é melhor pra você.  E não se preocupe se dormir no meio do relaxamento.
  2. Mania de reclamar – Quanto mais você reclama, mais difícil a vida lhe parece. Então, toda vez que pensar em uma reclamação, troque por um pensamento de gratidão.
  3. Doenças que aparecem do “nada” – Quando você está estressada, sua imunidade cai e, por isso, você fica mais vulnerável às doenças, sem falar naquela dor de cabeça chata que nada resolve. O relaxamento que você fará todas as noites vai fortalecer suas emoções e, assim, te ajudar a criar resistência aos vírus e bactérias. E, mais serena, sua cabeça vai parar de sofrer com as naturais pressões da vida.
  4. Emotividade exagerada – fazer “tempestade em copo d’água” é comum quando estamos cansadas. Tome consciência disso e, mesmo que chore um pouco, nada de ficar comentando suas dores pra todo mundo.
  5. Perda de memória – O estresse também leva ao esgotamento do cérebro e, assim, pode acontecer de você ter um “branco” e se esquecer de algo importante. Nessa hora, respire fundo, e faça o seguinte exercício: junte as laterais externas de cada mão e bata uma na outra por uns 20 segundos. Essa prática, 4 vezes ao dia, vai lhe garantir equilíbrio, sensatez nas decisões, clareza de pensamento, boa memória e serenidade.

Combinado???

Pense nisso com carinho e até sempre!!!

(*Coach de relacionamentos, psicoterapeuta, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento, e apresentadora em TV e rádio) 

 

E-BOOK GRATUITO – CLIQUE PARA GANHAR! 

EBOOK COMO COMBATER O ESTRESSE E A ANSIEDADE

 

 

 

Aprenda a gostar do que faz!

 

APRENDA A GOSTAR DO QUE FAZ!                                                                                                     (Extraído do livro CARA A CARA COM ALGUÉM MUITO ESPECIAL:VOCÊ!, de autoria de Eliana Barbosa – Gravado na Rádio Sete Colinas, em Uberaba – MG)

 

GOSTAR DO QUE FAZ

EQUILÍBRIO DA AUTOESTIMA MANTÉM SAÚDE

 

 

(Por Rose Dutra)

 

A energia dos pensamentos é que comanda o funcionamento dos corpos, por isso é importante a pessoa manter a autoestima equilibrada para garantir bem-estar e saúde.

É o que garante a consultora em Desenvolvimento Humano e palestrante Eliana Barbosa, autora do livro Acordando para a Vida – Lições para a sua transformação interior, que será lançado hoje, após palestra proferida por ela – com entrada franca -, às 19h30, no restaurante do Uirapuru Iate Clube.

Atualmente, segundo ela, as pessoas buscam uma vida melhor, através de exercícios físicos, alimentação mais equilibrada, mas se esquecem, muitas vezes, de cuidar das próprias emoções, pensamentos e sentimentos.

Ter a autoestima equilibrada, de acordo com Eliana, é estar em paz consigo mesmo, combatendo as culpas e as mágoas – sentimentos do passado -, assim como os medos e as preocupações – sentimentos do futuro -, e aprender a viver o presente, com todas as oportunidades que ele oferece. “É no ‘aqui e agora’ que exercitamos o poder dos pensamentos positivos, criando para todos nós um futuro de prosperidade”, enfatiza.

Para resgatar ou melhorar a autoestima e, conseqüentemente, aprimorar a saúde física e emocional, Eliana ressalta ser necessário acreditar mais nas próprias capacidades, demonstrando um verdadeiro respeito por si mesmo. Assim – acrescenta -, até mesmo através do olhar e da maneira de andar, a pessoa com autoestima equilibrada transmitirá uma mensagem subliminar para os outros, demonstrando o quanto ela se valoriza e merece ser respeitada.

“Procure exercer a generosidade, porque quanto mais útil você for para o Universo, mais você se sentirá autoconfiante e admirado, combatendo, assim, uma das piores doenças dos últimos tempos, a depressão”, frisa.

Recomenda que seja praticada a assertividade, ou seja, o ato de dizer “não”, quando necessário, sem culpas.

[APRENDA EM 3 PASSOS COMO DIZER “NÃO” SEM CULPAS]

Descobrir atividades que realmente causem prazer e alegria e exercê-las, ao menos uma vez por semana, segundo ela, é uma forma de a própria pessoa agradar. Ao estar em contato com os pensamentos e em total controle do próprio organismo – destaca – é que se consegue fazer uma integração entre o corpo e a mente, garantindo, assim, não só o rejuvenescimento e a cura de doenças, como também a progressiva diminuição da ansiedade, do estresse e dos medos.

(Matéria da jornalista Rose Dutra,  publicada no Jornal da Manhã, de Uberaba – MG, no dia 17-02-2005) 

 

BANNER PARA OS BLOGS