Arquivo de etiquetas: ansiedade

8 DICAS PARA ACABAR COM O MEDO DE ENVELHECER

envelhecer 1

(Autoria de Eliana Barbosa)

 

Hoje eu te convido para uma reflexão bem interessante: Que tal começar a ter um olhar mais benevolente e positivo para a questão do envelhecimento?
Veja, então, o que tenho aprendido ao longo dos meus 51 anos de idade, e com a valiosa experiência de meus pacientes, familiares e amigos:

envelhecer 8

1- Ao encarar o envelhecimento como algo natural em sua vida, você lida com esse assunto com muito mais bom-humor e leveza.

 

envelhecer 7   
 2- É importante saber envelhecer, mas amadurecer também, porque quando a pessoa não aceita sua idade e tenta escondê-la, isso é sinal de imaturidade, de insegurança emocional.

 

envelhecer 3

3- As pessoas que envelhecem com um Plano B para essa fase da vida são mais felizes, ou seja, quando elas já se programam para superar certas limitações que vão aparecendo, tudo flui sem traumas nem pesares.

 

envelhecer 12

4- Com o passar do tempo é comum também aumentar a sua autoconfiança. Você para de se comparar com os outros e começa a ter um posicionamento mais assertivo diante das situações da vida, e até mais credibilidade naquilo que faz.

 

envelhecer 2

5- Com os anos, tendemos a ter mais compaixão e aceitação diante das imperfeições dos outros, o que é sinal de sabedoria!

 

envelhecer4

6- Quando a pessoa envelhece com consciência do seu valor, ela passa a se preocupar muito mais em contribuir do que em competir, o que vai tornando-a cada vez mais espiritualizada, serena e linda.

 

envelhecer 10

7- Mas fica aqui um alerta pra você: Para viver uma velhice com saúde e bem-estar, você deve, antes de tudo, se amar, se cuidar, se respeitar e se valorizar.

 

envelhecer 6

8- E para isso, seja sempre sincero com seus desejos e sonhos e, quando for preciso, diga NÃO – sem medo ou culpa – para todos aqueles que ainda insistem em tratá-lo como escravo ou capacho. Chegou a hora de dizer SIM pra você!
 Pense nisso com carinho!!!

(* Eliana Barbosa é psicoterapeuta, coach de relacionamentos, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento, e apresentadora em TV e rádio) 

E, aqui, um convite para que você conheça o Curso CURA DOS SENTIMENTOS, e venha conosco nesta imersão de 8 horas de pura inspiração e transformação

 PANFLETO CURA DOS SENTIMENTOS HORIZONTAL - INSTITUCIONAL

 

SAIBA MAIS

10 MANEIRAS PARA CONTROLAR SUA ANSIEDADE

ansiedade_tpm

(Autoria de Eliana Barbosa)*

Sabendo que a ansiedade é um dos maiores males da Humanidade, que nos rouba a qualidade de vida, vamos refletir, hoje, sobre 10 maneiras de controlar este sentimento de medo em relação ao futuro:

  1. Organize-se – Quando você tem suas metas diárias anotadas, fica mais fácil organizar-se em relação ao tempo e ao espaço, o que, ao final do dia, lhe dará a sensação de ter sido mais produtivo.
  2. Tenha iniciativa – Não espere o pior acontecer para agir. Aja enquanto tudo está tranquilo e seja uma pessoa de iniciativa e também de “acabativa”, isto é, procure terminar aquilo que começou, o mais rápido que puder. Projetos inacabados costumam tomar conta de seus pensamentos, e lhe gerar culpa e ansiedade.
  3. Passo a Passo – Faça uma coisa por vez, aos poucos, sempre focado em seus objetivos.
  4. Sem procrastinação – Pare de adiar o que é importante e faça, a tempo, o que tem que ser feito. Isso vai lhe garantir noites mais tranquilas.
  5. Amplie sua fé – Ansiedade é medo, e medo é falta de fé! Portanto, acredite em seu potencial e, sobretudo, na Providência Divina.
  6. Pensamentos otimistas – Ao invés de se preocupar com o futuro, use sua mente para visualizar todos os seus projetos se realizando, sentindo-se invadido pela gratidão, como se tudo já fosse realidade. É assim que você atrai para sua vida tudo aquilo que quer!
  7. Permita-se relaxar – Pelo menos uma vez ao dia, ao acordar ou ao deitar, ouça músicas relaxantes ou mesmo alguma meditação que possa harmonizar sua respiração e seus pensamentos.
  8. Aproveite o tempo – Ao invés de reclamar das horas em que perde no trânsito, ou mesmo em viagens, use um aparelho de som para ouvir algo que possa melhorar sua vida ou seus conhecimentos – aulas de inglês, motivação, etc…
  9. Tenha Plano B – Quando você faz a sua parte, esperando o melhor, mas preparado para o pior – caso aconteça -, a ansiedade tende a diminuir.
  10. Boas lembranças – Sempre que se sentir apreensivo quanto ao futuro, lembre-se das alegrias dos bons momentos em que tudo deu certo. Essa energia vai lhe trazer de volta a confiança em dias melhores.

Espero que você, hoje mesmo, comece a colocar em prática estas dicas e se sentir mais em paz consigo mesmo e confiante em relação ao futuro. Está em suas mãos!!!

 

(*) Coach de relacionamentos, psicoterapeuta, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento, e apresentadora em TV e rádio)

 

 ADEUS AO ESTRESSE E ANSIEDADE –>> E-BOOK GRATUITO

EBOOK COMO COMBATER O ESTRESSE E A ANSIEDADE

TRANSTORNOS MENTAIS E PRECONCEITO

 

 

transtorno

(Autoria de Eliana Barbosa*)

Você já se deu conta do quanto é perversa a falta de aceitação e o preconceito das pessoas em relação às doenças mentais?

Sim, porque enquanto a pessoa doente não aceita e entende a doença que está perturbando o seu viver, ela passa a vida transtornada, brigando com si mesma e com o mundo, sendo tachada de “louca”, e tudo mais.

A partir do momento que essa pessoa resolve se conhecer melhor, joga seus preconceitos pela janela e procura um psiquiatra, sua vida começa a mudar para melhor!

E a família, é claro,  também precisa se desvencilhar do orgulho e apoiar o doente em seu tratamento.

Uma das crenças mais limitantes que conheço é dizer que “psiquiatra é médico de doido”. Para mim, psiquiatra é médico de QUALIDADE DE VIDA!

É o psiquiatra quem vai dizer para a pessoa se há mesmo algum transtorno e, melhor de tudo, vai medicá-la, para que ela possa, com disciplina e seriedade no tratamento, ter de volta a serenidade, pensamentos lúcidos, sonhos e metas.

E atenção: Se for preciso tomar medicamentos para o resto da vida, o doente deve aceitar, porque são remédios abençoados, que vão proporcionar a ele o direito de viver bem, com alegria e produtividade.

O mal maior para um paciente psiquiátrico é a falta de humildade em aceitar o diagnóstico médico e o tratamento, que é primordial para seu equilíbrio.

É imenso o número de pessoas bem sucedidas e reconhecidas em sua vida familiar e profissional que são portadoras de transtornos mentais, sob controle por meio de medicamentos e psicoterapia.

Aqui estou falando dos pequenos distúrbios até os transtornos mais sérios, como a esquizofrenia, passando pela depressão, o transtorno afetivo bipolar, o transtorno obsessivo compulsivo, síndrome do pânico, e tantos outros.

Portanto, se você perceber que algo não anda bem com seus sentimentos e pensamentos, ideias de perseguição, impulsividade, agressividade, muitos altos e baixos, tristeza profunda, manias, isolamento social, ciúme doentio, imagens destrutivas, etc…, tome as rédeas de sua vida, procure um psiquiatra e confie!

Afinal, você merece ser feliz!

(*Psicoterapeuta, terapeuta de Florais de Bach, escritora e palestrante no campo do autodesenvolvimento e apresentadora em TV e rádio)

 

Você pode aprofundar neste tema, com a entrevista abaixo, com o psicoterapeuta Fernando Vieira Filho

 

 

BANNER PARA HOME