Seja Inteligente, Perdoe!

 

Autora:Eliana Barbosa

 

Neste mundo em que vivemos, tão conturbado emocional e psicologicamente, raro é o dia em que não temos um aborrecimento ou um motivo para nos sentir fragilizados em nossas emoções, principalmente quando nos vemos em situações em que somos julgados por atitudes e comportamentos que a nossa consciência tranquilamente nos liberta e diz que não carregamos culpa alguma.

São nestes momentos cruciais de falta de compaixão daqueles que nos acusam que somos testados na nossa fé em Deus e na nossa força interior e capacidade de perdoar; e mais ainda, se somos realmente inteligentes, porque quem se dispõe a não guardar o lixo do rancor e desejo de vingança dentro de si, é alguém que está se libertando para merecer o sucesso e a felicidade em sua vida, é alguém que está agindo com inteligência!

Uma das maneiras de viver sua vida em paz  e não se decepcionar com pessoas que deveriam lhe valorizar ao invés de lhe julgar, é procurar fazer o seu melhor pelo mundo não pela ótica dos outros, e sim, pela ótica da sua consciência, porque você não deve satisfação a ninguém mais a não ser a Deus e à sua própria consciência.

Por isso, amigo leitor, diante de acusações e injustiças que lhe ferem, guarde bem o que disse John Wooden: “Preocupe-se mais com seu caráter do que com sua reputação. Caráter é aquilo que você é, reputação é apenas o que os outros pensam que você é”.

E, para que você fortaleça mais ainda a sua fé, uma belíssima reflexão de Madre Teresa de Calcutá: “Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas. Perdoe-as assim mesmo. Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro. Seja gentil assim mesmo. Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros. Vença assim mesmo. Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo. Seja honesto assim mesmo. O que levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra. Construa assim mesmo. Se você tem paz,  é  feliz, as pessoas podem sentir inveja. Seja feliz assim mesmo. Dê ao mundo o melhor de você, mas isto pode nunca ser o bastante. Dê o melhor assim mesmo. Veja você que, no final das contas, é entre você e Deus, nunca entre você e as outras pessoas.”

(*Eliana Barbosa é apresentadora de TV, palestrante e autora de diversos livros no campo do autodesenvolvimento.)

 

4 pensamentos em “Seja Inteligente, Perdoe!

  1. ola Eliana,eu perdoou as pessoas que me magoaram,não guardo rancor,isso não me acompanha.mas estou infeliz,me sinto sozinha e não consigo comprrender por que sinto tanta falta de alguem ao meu lado,não consigo encontrar essa felicidade em mim mesmo,me sentindo bem comigo mesmo,sinto que preciso de alguem,o que me falta para aprender a ser feliz sozinha?

  2. olá Eliana, muito bonito oq voce escreve aqui, mas eu tenho uma pergunta pra voce.
    voce conseguiu perdoar todos os q te feriram, por mais terrivel q tenha sido esses ferimentos?
    um abraço.

    1. Oi, Alexandra, ótima pergunta!!! Obrigada por participar!!! Perdoar é um processo, é um exercício, então posso te dizer com confiança que, quando precisamos conviver com as pessoas que nos magoaram, as feridas que nos causam, de vez em quando, abrem de novo e, então, novamente, é hora de exercitar o perdão. Perdoar não é esquecer, é a pessoa se desapegar da esperança de que o passado poderia ter sido diferente, e decidir seguir adiante em sua vida. Então, penso que perdoei sim, porque consigo desejar o bem para aqueles que me feriram, bem como consigo fazer esse poderoso exercício, com muita facilidade: imagino o Cristo ao lado das pessoas que me magoaram, passando a mão na cabeça delas, protegendo-as. E me sinto muito bem, muito leve, quando faço essas visualizações. Fica aí, então, Alexandra, minha dica: abriu a ferida, volte a fazer os exercícios de perdão!!! Grande abraço pra você!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*