BAIXA AUTOESTIMA E INVEJA

 

inveja

(Por Eliana Barbosa*)

 

A cada dia que passa mais me espanto com a relação direta que existe entre baixa autoestima e sentimento de inveja.

É incrível como alguém com pouco senso de valor é capaz de se sentir ameaçado com o sucesso e o brilho dos outros! E o mais triste é que essa sensação de incapacidade e de inveja pode levar a pessoa ao desespero e a atos insanos dos quais poderá se arrepender, com amargura, no futuro.

Por isso, é preciso que trabalhemos a autoestima das crianças e dos jovens, enquanto estão sob nossos cuidados, para reforçar neles sua autovalorização e autoconfiança.

Depois de adulto, é mais trabalhoso desenvolver sentimentos de amor-próprio em quem sempre se achou pior do que os outros, nos mais diversos aspectos.

Um dos caminhos para você detectar se sua autoestima ainda é pequena é procurar investigar seus sentimentos em relação às pessoas bem-sucedidas. Se você tem o hábito de criticá-las ou de desprezá-las, com certeza você está sentindo inveja delas e não suporta ver suas realizações positivas. Tudo isso porque você, inconscientemente, pensa que não é capaz de conseguir o mesmo sucesso e felicidade para sua vida, já que se acha menos do que os outros.

Miguel de Cervantes, escritor espanhol,  explica assim: “A inveja vê sempre tudo com lentes de aumento que transformam pequenas coisas em grandiosas, anões em gigantes, indícios em certezas.”

Cuidado com sentimento tão mesquinho como a inveja. Você fica tão obcecado com a vida da pessoa que você inveja, que se torna cego e ingrato às numerosas oportunidades de vencer que chegam até você. O filósofo inglês Bertrand Russell disse: “O invejoso, em vez de sentir prazer com o que possui, sofre com o que os outros têm.”

Aprenda a transformar esta emoção negativa da inveja em um suave sentimento de admiração. Sim, admire quem já conseguiu mais do que você na vida e procure seguir seus exemplos de atitude positiva e empreendedora. Com a inveja, você caminha para o abismo da solidão e da miséria; entretanto, com a admiração, você, com certeza,  seguirá a trilha do bem viver.

E para aqueles que são alvo da inveja alheia, por favor, não se escondam do mundo, porque, como bem disse o historiador grego Heródoto, “Mais vale ser invejado que lastimado.”

Portanto, acredite mais em você, em suas potencialidades e no quanto você pode ser feliz! De uma vez por todas, saia da sua frente e pare de atrapalhar a si mesmo!

(*Life coach, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento,  apresentadora de programas em TV e rádio, e ministra  palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos. Contato: eliana@elianabarbosa.com.br ou ligue para (34) 3075-2951)

E se mesmo com essas dicas você ainda se sentir impotente diante desses sentimentos tão negativos e limitantes, eu te convido a vir fazer o Curso CURA DOS SENTIMENTOS!
CLIQUE AQUI OU NA IMAGEM PARA INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

sinta-a-energia-da-liberdade-reserve-ja-sua-vaga-no-curso-cura-dos-sentimentos

 

Clique para saber sobre meus ATENDIMENTOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*